Desiludido

Oi gente,

As coisas ultimamente não estão dando muito certo e em meio a isso tudo cadê Tia Marllene pra me aconselhar que rumo tomar nessa vida? Aliás, nem precisa dizer que é o Jeferson aqui né? Com certeza devo ser a única pessoa neste mundo que as coisas não dão certas, vocês já devem ter imaginado que sou eu.

Ah, parece que passou um tsunami por aqui e devastou tudo, inclusive meu pequeno coração, que agora está assim: destruído. Parece que ele também levou a Tia, porque eu não encontro essa mulher em lugar nenhum, e o pior é que não tenho nem ideia de onde ela pode ter ido. Já não basta carregar o peso dos corne na cabeça, tem mais esse peso, o da preocupação. 

Preocupado mesmo eu tô depois da mensagem que recebi da Madame Carmen, falando sobre o desaparecimento da Tia Marllene. Tenho sido tão enganado ultimamente que as vezes penso que é mais uma brincadeira de mal gosto pra me ver sofrer mais ainda. Sei que a Tia tem vários seguidores, então se alguém tiver algum remédio que cure essa dor, manda uma mensagem aqui, porque tá sendo difícil, nem o sol nessa cidade quer ser meu companheiro, só chove e chove, penso até que seja reflexo do que estou sentindo nesse momento.

Quanto menos eu quero pensar na decepção dessa vida, chega frio congelante pra me judiar, e pra lembrar que nem companhia tenho pra me esquentar. Fui tentar me esquentar de outras formas, fiz fogo no fogão a lenha (não tem coisa melhor né?) ai lembrei de quando a Tia colocava os pinhão na chapa pra nós. Então resolvi fazer um café, e senti o cheirinho do café dela, coisa mais boa desse mundo. E a saudade se manifestou pela polenta também, quando a Tia voltar vai precisar fazer pra mim! Ah, não tá fácil mesmo as coisas por aqui.

Tenho que ir procurar a Tia Marllene, ocupar minha cabeça com outras coisas que não seja os corne. Por onde eu começo? Me ajudem!!!

Tchau.

 

 

O que o sumiço da Tia Marllene tem a nos ensinar

Hola!

Vamos hablar de um assunto muy importante hoy: o desaparecimento de personas. Como todos sabem, nossa querida Marllene sumiu e estamos a sua procura. Mobilizamos muchas personas, procuramos por vários lugares, muchos estão preocupados, pero nada de ella aparecer. Como sou amiga, resolvi ayudar com mis dons para buscarmos pistas donde estás. Pero no podemos fazer esta busca sozinha, precisamos comunicar pessoas e órgãos que podem ayudar a encontrá-la. Aí vão algumas dicas como proceder em caso de desaparecimento.

 

  1. Procure a Delegacia de Polícia mais próxima e comunique o desaparecimento;
  2. Tenha em mãos uma foto atualizada do desaparecido;
  3. Tente rastrear as últimas atividades da pessoa nas redes sociais, no trabalho, na escola, com amigos;
  4. Converse com as últimas pessoas que tiveram contato com o desaparecido para tentar obter informações, possível motivo ou destino;
  5. Repasse a Polícia a maior quantidade de informações sobre a pessoa e sua vida, lugares que ela frequentava, pessoas próximas;
  6. Informe o desaparecimento à amigos e familiares. Se possível, divulgue em rádios e jornais;
  7. Distribua cartazes pela cidade com a foto do desaparecido.

 

Bom, era isso. Espero ter ayudado você que tambien está procurando alguém. Vamos continuar nossas buscas por Marllene, caso tenha alguna informação, entre em contato conosco.

Besos da Madame Carmem

Para mais informacões, acesse lo site: http://www.desaparecidosdobrasil.org

Madame Carmem entra em cena

Buenos dias, chicos e chicas!

Soy mais uma invasora das redes sociais da Tia Marllene, e vocês já vão entender o porquê. Yo me llamo Carmem, e soy uma cartomante renomada da cidade de Chapecó. Trabalho há vários anos por aqui, e soy conhecida por ser certeira nas minhas previsões.

Herdei esse meu dom do meu avô, que me ensinou desde pequena a ler as cartas. Com o passar dos anos, aprendi a ter visões de outras formas, como búzios e até borra de café. Assim, passado, presente e futuro no são mistérios para mim.

É por esse motivo que estoy aqui: me procuraram para auxiliar na busca da Tia Marllene, que desapareceu e no deixou com ninguém informações de seu paradeiro e as pistas estão limitadas. O desaparecimento de alguém é algo complexo para ler nas cartas. Poderia yo auxiliar a encontrar a tia Marllene?

Continue acompanhando as redes da tia, e vamos ver se descobrimos o paradeiro dela.

Até mais!

 

Fim de semana

Mas não é que já é sexta de novo e a marllene ainda nao me apareceu, tô aqui mais sozinho que quero quero em campo de futebol, mais triste que os cachorro em dia de banho, pensando em tudo que eu e minha marllene das canela grossa podia fazer nesse fim de semana, já que essa cidade é cheia das opções.

Deixa eu fala com vocês, quem sabe lendo aqui a minha marllene volta pra mim e podemo se aproveitar neste final de semana, vou contar tudo o’que eu pensei em nóis fazer. Aqui, agora que tamo na cidade podemo sair a hora que quer, que sempre tem alguma coisa, má eu tinha até criado tudo nosso final de semana romântico, nessa sexta de friozinho eu ia levar minha Mar pra comer uma pizza e depois ir ai na avenida ver esses jovens tudo que tão sempre caminhando e saindo, amanhã no sábado de tarde nóis ia pro baile que sempre tem a nossa dança, sabe aqueles bailao que encontra tudo os amigo, que nois come uns pastel e dança até as pernas doe, assim como minha marllene falava, nada melhor que curtir esses dias ao lado dela.

No sábado a noite já tinha pensado em levar minha marzinha come uma macarronada na linha lá de casa, na festa de comunidade sempre tem umas rifa e uns prêmio bom pra levar pra casa, fica faceiro, depois tinha pensando em assistir um filminho agarradinho com minha marllene com aquelas canela grossa que sabe me aquecer.

No domingo aqui na cidade é dia de jogar canastra com vizinho e toma um chimarrão na avenida, e claro torce pra minha chape, que tá cada vez maior, a paixão minha e da marllene. Mas que saudade dessa mulher que sumiu e me deixou aqui olhando pros retrato dela, pensando onde que se meteu. Essa cidade que nunca para e sempre tem coisa boa, que me aguarde que assim que minha marllene volta, vamo aproveitar porque fim de semana só tem um por semana né.

O Tinder – A história de como conheci Mar <3

Oi gente, tão bão? Aqui é o jaime, tô meio tristonho porque a Marllene ta sumida, faz um tempo que não vejo minha mar das canela grossa. Eu tava aqui lembrando dela e pensando que me deu até vontade de contar pra vocês como que eu conhecia ela, e quem sabe ajudar essa gurizada a achar alguem tambem, ja que eu achei nesses tal de aplicativo ai, vou explicar e você tenta também.

A história me começa assim. Eu tava lá por casa tratando os bicho, e a mãe não parava de falar que eu tinha que achar alguém, todo mundo me falava que o jaime ia ficar veio, que o jaime não ia casar. Até que entom num churrasco que fizemo ali na comunidade veio uns primo meu e me falaram que eu tinha que ir atrás de uns aplicativos pra achar as menina, uns tal de “tinder”. Ma pera aí que se tu nao sabe oque é eu te explico, porque foi assim que eu aprendi. O tinder é um aplicativo desses de celular que tu baixa, ai lá tu coloca quem que tu quer, se tu prefere essas menina mais nova,( ma pode ser os menino também porque lá ninguém tem problema com essas coisa), ou essas senhoras mais bonitona que nem a minha Marllene, ai depois que tu coloco lá as pessoa que tu quer encontrar, entom coloca até onde tu quer achar, ma vai desda divisa de Nonoai até lá em Guatambu, aparece todo mundo que vai tar por lá. Ai depois só tem que ir dando uns, acho que é like o nome, e uns que não é like pra quem tu não quer, mas me cuida gurizada porque tem gente estranha, sempre pede se som de família boa. Depois disso é bem fácil assim que encontrei minha Marllene com aquelas canela grossa, mas peraí que eu aprofundo mais como foi porque to com saudade dela.

Eu tava lá nesse tinder ai, meio que com medo, meio receoso porque não me vinha nada que eu gostava, só tinha umas moça que não era de família, ma entom nem te conto que eu vi umas meia com umas canela lá que nom resisti, dei um grande like (aqueles mais que like, sabe) ma na hora deu sinal de volta, má eu tava dando pulo de faceiro. Meus primo me ajudaram a fala com ela, entom depois de uns dias de prosa, resolvemo de ir se ver lá no matinê que ia ter aqui na  comunidade, má desde então tamo junto. Só que agora a Marllene sumiu, eu to desesperado atrás dela, ma nom sei mais onde procurar, se alguém souber dela me avisa que tô com saudade daquelas meia nas canela grossa dela.

E antes que esqueço gurizada, se cuidem nesses aplicativo, mas aproveitem porque somo tudo novo e temo que curtir, sempre cuidando que no final dá tudo certo.

Se alguém ver a marllene nesses aplicativos ma que venha me chamar, e se alguém ver ela na rua me dá um grito que eu nao vejo a hora de ver ela. Se cuidem gurizada. Abraço do jaime.